A festa do Dia das Crianças Bapka é uma tradição que nasceu há mais de 20 anos. Um evento que não tem divulgação, não tem manchete em jornal, é tradição e ponto. Simplesmente os portões são abertos no espaço da loja Bapka, próximo de Almirante Tamandaré. E as crianças já estão lá, esperando por uma tarde de diversão com muito sorvete de graça. Todo dia 12 de outubro é assim…

Lugar de criança feliz é na Sorvetes Bapka

No Dia das Crianças Bapka, tudo é diversão: até a fila para o sorvete. No evento de 2018, foram milhares de casquinhas distribuídas por voluntários. Na maioria, funcionários da empresa. A fábrica parou as atividades a pedido deles, para que todos pudessem participar. Motivo? Distribuir um pouco de felicidade. “A gente ouve as crianças na fila falando que não tem condições e que a única vez que comem sorvete é aqui” – conta a voluntária Helen Barbosa, esposa de funcionário.

Além de tomar sorvetes de graça, as crianças brincam sob a direção de animadores e palhaços. Ganham maquiagem imitando personagens de desenho animado e super-heróis. Pulam muito nos brinquedos infláveis montados especialmente para o Dia das Crianças Bapka.

Celulares quase não existem por lá. Pais e filhos interagem. E filhos que frequentam a festa há anos, agora são pais. Crianças e adultos se divertem, mostrando que a felicidade é simples como tomar um sorvete. É atemporal.

 

Dia das Crianças Bapka: a infância em todas as idades

Crianças com braços compridos, pernas longas, barba e cabelos brancos. Não é fantasia. É realidade no Dia das Crianças Bapka.

Os meninos e meninas que se divertem, pulam, dançam, tomam vários sorvetes e sorriem podem ser novos ou velhos. Ser filhos, pais ou avós.

Bianca Balland é um exemplo. Mãe de Sofia, de três anos, ela aproveita a festa ao lado do marido. Vem todo ano, desde que era menina. “No começo eu vinha com meus primos, a gente era tudo da mesma idade. E agora a gente traz filho né, sobrinho” – conta.

Os anos passam, e a alegria se mantém. Entre um sorvete e outro, a infância desperta. E isso acontece com todos os participantes – centenas de pessoas – em cada 12 de outubro. O Dia das Crianças Bapka é a prova de que a infância pode se manter viva em todas as idades.

Curioso para ver como foi a festa? Veja este vídeo inspirador e sinta-se criança novamente! Nossa gratidão a todos os que colaboraram para a realização do Dia das Crianças Bapka 2018:

  • ● Regimento de Polícia Montada – Cavalaria
  • ● Polícia Militar Paraná – Batalhão de Almirante Tamandaré
  • ● Polícia Rodoviária Estadual
  • ● Polícia Ambiental – Força Verde
  •  ● Conny – Doação de 7.500 casquinhas.